Conquistas

Acreditamos em um futuro melhor.



1976 A Portaria Municipal 264/76 institui um grupo de trabalho para estudar a viabilidade da criação de uma Associação para executar ações de Prevenção à marginalização dos menores. Em outubro foi instituída a “Associação de Bem-estar do Menor”, ou, simplesmente, ASBEM.

1977 A Lei Municipal 05/77 reconheceu a Utilidade Pública da ASBEM.

1976 A 1989 Construção de três Núcleos CEBEMs, hoje chamados de Núcleos de Apoio Sócio Educativo em Meio Aberto. Nesse período, alguns adolescentes estavam vinculados aos cursos do SENAI . Outras crianças e adolescentes costuravam bolas de couro ou fivelas, nos CEBEMs.

1987 Convênio com o Horto Municipal, para as crianças produzirem mudas e a instalação de uma oficina de marcenaria na Casa do Menor Trabalhador. O abrigo da Prefeitura Municipal recebeu equipamentos da ASBEM para realizar a formação de jovens de 10 a 17 anos.

1994 Articulação para instalação do SENAC em Novo Hamburgo.

1995 A 1997 A faixa Nobre - estacionamento rotativo - apresentou-se como alternativa de trabalho para jovens e adolescentes carentes.

1995 A faixa Nobre - estacionamento rotativo - apresentou-se como alternativa de trabalho para jovens e adolescentes carentes.

1996 ASBEM passa a receber recursos oriundos de outras esferas de governo.

1997 A ASBEM administra projeto piloto , juntamente com a OIT-IPEC, para erradicação do trabalho Infantil nos municípios de Novo Hamburgo e Dois Irmãos. É implantado o Núcleo de Apoio Socioeducativo em Meio Aberto “Mundo da Criança”, na Vila Iguaçu/NH.

1998 Ano de mudança do estatuto Asbem, adequando o mesmo ao novo momento da Associação e da Política Nacional da Criança e do Adolescente. Passa a chamar-se Associação do Bem-estar da Criança e do Adolescente.

1999 A 2000 Análise Institucional e criação de Regimento Interno, com base nas orientações do novo estatuto. A Asbem define sua Missão: Gerenciar ações de assistência educacional, gratuita, e de defesa dos direitos da criança e do adolescente. Até este ano a ASBEM executou 17 projetos, entre eles: Família Cidadã, Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, Programa de Atenção Integral à Família, Educação Infantil e Núcleos de Apoio Sócio Educativo em Meio Aberto.

2003 A Portaria MJ 2474/2003, reconhece a Utilidade Pública Federal da ASBEM.

2005 A Portaria MJ 2474/2003, reconhece a Utilidade Pública Federal da ASBEM.

2006 Adesão ao programa Rede de Cooperação, integrando a Associação Gaúcha das Organizações Não-Governamentais. Ocorreu o baile de confraternização pelos 30 anos da ASBEM, e a revitalização da marca. Firmado Convênio com a Secretaria Nacional de Direitos Humanos, com execução do Projeto “Capacitando para a Prevenção”.

2007 Adesão ao programa Rede de Cooperação, integrando a Associação Gaúcha das Organizações Não-Governamentais. Ocorreu o baile de confraternização pelos 30 anos da ASBEM, e a revitalização da marca. Firmado Convênio com a Secretaria Nacional de Direitos Humanos, com execução do Projeto “Capacitando para a Prevenção”.

2008 Adesão ao programa Rede de Cooperação, integrando a Associação Gaúcha das Organizações Não-Governamentais. Ocorreu o baile de confraternização pelos 30 anos da ASBEM, e a revitalização da marca. Firmado Convênio com a Secretaria Nacional de Direitos Humanos, com execução do Projeto “Capacitando para a Prevenção”.

2009 Implantação de sete projetos, contemplados pela REDE PARCERIA SOCIAL, por meio do Programa de Apoio a Inclusão e Promoção Social, em parceria com: Instituto Nestor de Paula, Instituto da Mama, Fundação Francisco Xavier Kunz, Fundação Pão dos Pobres de Santo Antônio, Sociedade Porvir Científico (Rede La Salle) e União Protetora do Ambiente Natural. O projeto recebeu apoio financeiro das Lojas Renner, Artecola, Refap S.A e Dana.

2010 Implantação de sete projetos, contemplados pela REDE PARCERIA SOCIAL, por meio do Programa de Apoio a Inclusão e Promoção Social, em parceria com: Instituto Nestor de Paula, Instituto da Mama, Fundação Francisco Xavier Kunz, Fundação Pão dos Pobres de Santo Antônio, Sociedade Porvir Científico (Rede La Salle) e União Protetora do Ambiente Natural. O projeto recebeu apoio financeiro das Lojas Renner, Artecola, Refap S.A e Dana.

2011 Implantação de sete projetos, contemplados pela REDE PARCERIA SOCIAL, por meio do Programa de Apoio a Inclusão e Promoção Social, em parceria com: Instituto Nestor de Paula, Instituto da Mama, Fundação Francisco Xavier Kunz, Fundação Pão dos Pobres de Santo Antônio, Sociedade Porvir Científico (Rede La Salle) e União Protetora do Ambiente Natural. O projeto recebeu apoio financeiro das Lojas Renner, Artecola, Refap S.A e Dana.

2012 Implantação de sete projetos, contemplados pela REDE PARCERIA SOCIAL, por meio do Programa de Apoio a Inclusão e Promoção Social, em parceria com: Instituto Nestor de Paula, Instituto da Mama, Fundação Francisco Xavier Kunz, Fundação Pão dos Pobres de Santo Antônio, Sociedade Porvir Científico (Rede La Salle) e União Protetora do Ambiente Natural. O projeto recebeu apoio financeiro das Lojas Renner, Artecola, Refap S.A e Dana.

2013 Participação no programa Educando para a Transparência, desenvolvido pela ONG Parceiros Voluntários. Revisão do Planejamento Estratégico para o período 2014/2018.

2014 Implantação do sistema de contribuição espontânea de apoiadores da ASBEM.
Parceria com a União Jovem do Rincão - UJR , para atendimento dos egressos do projeto Futsal Social.

PATROCÍNIO: Archlinux Google Eventex Tmobile
PATROCÍNIO: